(11) 4812-4441

contato@campolimposeguros.com.br

Tire suas dúvidas aqui:

Como funcionam os seguros?  

De forma bastante resumida, um seguro é um contrato feito entre uma pessoa física ou jurídica e uma seguradora. Quem contrata o seguro paga um valor (o chamado "prêmio") para a seguradora que, a partir de então, assume o risco sobre eventuais danos naquilo que é o objeto da apólice, documento que formaliza o acordo.O risco assumido pela seguradora e o quanto ela pagará ao segurado em caso de sinistro — termo que designa os tipos de imprevistos cobertos pela apólice — são calculados a partir de diversas variáveis.

Por que é importante ter um seguro?  

Imagine que você comprou um caro de R$ 50 mil e saia contente com ele pelas ruas. Se um acidente ou roubo ocorrer, sem a proteção do seguro de automóvel, seu investimento naquele bem pode ser perdido em pouco tempo.   Por outro lado, caso tenha feito a contratação de um seguro que tenha custado, por exemplo, R$ 2 mil reais, muitos dos riscos serão cobertos pela apólice. Ou seja, por um preço relativamente baixo se comparado ao valor do carro, você diminuirá as chances de um grande prejuízo.

Quais os principais tipos de seguro?  

Seria impossível listar neste texto todos os tipos de seguros disponíveis no mercado. Dessa forma, navegando em nosso site você poderá conhecer os mais comuns. Mas a variedade é grande e, certamente, procurando, você encontrará o que atende à sua necessidade.

Como escolher a cobertura correta para seu tipo de seguro?  

Saber qual a cobertura escolher na hora de contratar um seguro é bem complicado. Mas algumas dicas podem ajudar. Pense primeiramente no valor do seu bem. Carros mais antigos talvez façam com que, logo de cara, o seguro não seja vantajoso, por exemplo.Em um segundo momento, avalie a quais riscos seu bem está sujeito na região onde você mora ou circula. A incidência de violência é alta? Sua casa está em uma área onde intempéries climáticas são comuns? No caso do seguro de vida, considere ainda se sua família possui uma reserva financeira.A franquia de seguro é mais um ponto a ser observado. A franquia é o valor cobrado do segurado para que ele possa utilizar o serviço em caso de sinistros. Fique atento: ela não pode ter preço muito alto, a ponto de inviabilizar o uso do seguro quando necessário, o que é muito comum em seguros mais baratos.

Como sei se a seguradora é boa?  

Verificar a idoneidade da corretora de seguros também é importante. Para fazer isso, primeiro certifique-se de que ela está credencia junto à SUSEP (Superintendência de Seguros Privados). A consulta pode ser feita diretamente no site   Depois, cheque a reputação da empresa, procurando sinais de como ela se relaciona com o cliente — de preferência, para empresas mais antigas e consolidadas no mercado, uma mostra de que os serviços prestados são eficientes e cumprem o prometido.  Uma boa corretora conta com profissionais capacitados, que indicarão os melhores tipos de seguros, que vão suprir suas necessidades sem lhe deixar em apuros na hora em que for preciso acioná-lo. Agora que você sabe mais sobre seguros, que tal garantir tranquilidade para a sua vida e contratar um? Entre em contato conosco! Certamente, você terá as melhores soluções à disposição!

O que é seguro de vida?

O seguro de vida é aquele que prevê uma indenização por parte da seguradora aos beneficiários em caso de morte do segurado por qualquer causa (cobertura básica). Além da cobertura básica existe a opção de contratar coberturas opcionais como Invalidez Permanente Total ou Parcial por Acidente (IPA), que visa uma indenização ao próprio segurado ainda em vida.    

O que é uma apólice de seguros?  

É o contrato de seguro pelo qual o segurado repassa à seguradora a responsabilidade sobre os riscos

O que devo fazer em caso de sinistro?    

Primeiramente o lesado deverá fazer um Boletim de Ocorrência. Em seguida, deve informar a Seguradora através de seu corretor, que irá solicitar todos os dados, elementos e documentos necessários para a comprovação do sinistro. Depois de apurados os fatos, caso o sinistro em questão tenha cobertura, a seguradora providenciará o pagamento.


Faça sua pergunta: